domingo, 14 de agosto de 2011

Como aproveitar os cantinhos embaixo da escada

      As dicas que eu encontrei  da revista Minha Casa sobre como aproveitar os cantinhos embaixo da escada é de grande utilidade para prateleiras, armários ou qualquer outros acessórios menores se a escada tiver até 2 metros de altura. Caso possuir altura superior, a escolha é livre para  inventar e modernizar o ambiente.
      Confira:


A adega climatizada combinou por ficar perto da sala de jantar e do móvel com copos, afirma o autor do projeto, Marcos Biarari. A solução foi puxar um ponto de energia até o local e fechar parte do vão com um painel de madeira, que emoldura o eletrodoméstico de 64 x 57x 54 cm. Além de ter deixado uma área livre ao redor do aparelho, ele foi colocado sobre um caço de 16 cm acima do piso, tornando o acesso mais confortável.






                                                                                                       

       No projeto acima o guarda- corpo leva peças roliças de madeira cumaru, dispostas na vertical. Já os degraus são de concreto armado revestido de limestone mont charmot (NPK), um tipo de pedra calcária. Um dos degraus, a 45 cm do chão, foi prolongadopara se tornar um aparador ( 2x 0,75x 0,11 m). Assim, como os demais, sustenta-se em vigas embutidas nas paredes. A prateleira é resistente o bastante para suportar uma TV, por exemplo.

    


      Para um canto antes com o depósito de entulho, foi de muita utilidade ter o incorporado, alternativa para um sobrado que só havia um banheiro .
 Como na porção central da área de 0,90 x 1,50m o pé-direito mede 1,77 no mínimo, não se bate a cabeça nos degraus.O branco predomina a fim de trazer claridade. A pia tem apenas 43 x 23,5 cm  (compacta para se adequar ao ambiente). Já o piso é um porcelanato que imita a madeira. Quatro furinhos foram feitos no verso da escada e da porta para permitirem um mínimo de ventilação.









  

   Um módulo de chão e outro suspenso brincam com a volumetria sob os degraus vazados, protegidos pelo guarda-corpo de inox e vidro. A aquiteta Flávia Portela criou ainda o armarinho espelhado que esconde o quadro de luz e organiza chaves. O rasgo vertical na parede (15x15x90 cm) virou luminária, com lâmpada dicroica embutida.










Nenhum comentário:

Postar um comentário